Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

Poema sobre a vida ( Mote e Glosa)

Mote:

 

A vida é o dia de hoje

A vida é ai que mal soa

A vida é sombra que foge

A Vida é nuvem que voa.

 

( João de Deus )

 

Glosa

 

Quando atinges a razão

De no mundo compreenderes,

O que é afinal a vida,

Tens já a tua cota de “sofreres”.

Vês então que a vida foge

E se bem nela pensares,

A vida, é o dia de hoje.

 

Quando criança, não sabes

O valor que a vida tem.

Na juventude, nessas fases,

Não podes reflectir bem.

Mas…já a juventude voa…

E mesmo soltando teus “ais”,

A vida, é “ ai ” que mal soa.

 

Em tempo de amadurecimento

Dás algum sentido à vida.

Seria hora de divertimento

Não fora ser tão sofrida !

Já se esvaziou o alforge

Onde a vida era guardada…

A vida, é sombra que foge.

 

Esvai-se a vida lentamente,

Em ais perdidos nos ares.

Agora qu’à aprecias realmente,

Quem te dera atrás voltares.

Enfim, reconheces que é boa,

Mas, já no Outono da vida,

A vida, é nuvem que voa

 

(  Poema da autora do Blog)

 

publicado por oserrano às 10:41
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Mote e Glosa a Antero de ...

. Poema sobre a vida ( Mote...

. Outono

. Quimeras e Fingimentos - ...

. Meu cavalo alado

. Suspiros Poéticos

. ...

. Serrana - Poema

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds